terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Juquinha da Serra do Cipó

Olha o Juquinha aí....

Juquinha da Serra é como um personagem de inúmeras lendas na região da Serra do Cipó, porém, sua vida e história são reais, e a homenagem que recebeu, em forma de uma estátua no alto da serra é um dos pontos turísticos mais visitados da região.

José Patrício, ou Juquinha, como era conhecido era um andarilho que vivia nas montanhas com seus dois irmãos; ele colhia flores e as dava aos turista em troca de roupas ou comida, ou qualquer outro objeto, o importante era a interação. Sua forma simples de conviver junto á natureza, e o apego ás montanhas onde vivia, fez de Juquinha uma figura extremamente popular e querida.

Dizem as lendas que mamou na loba, que comia escorpiões, que já fora picado por mais de cem cobras e que tinha mais de cem anos... Seu Juquinha é a própria lenda da Serra do Cipó. É porém, um fato interessante que mais marcou suas histórias... Juquinha da Serra, morreu duas vezes! Encontrado uma noite por seu irmão deitado sem pulso ou batimentos cardíacos foi velado com tristeza, até que levantou-se do caixão, no meio do funeral, surpreendendo á todos.

Uma doença rara o acometia, a catalepsia, fazendo com que seu coração parasse de bater, parecendo morto, e algum tempo depois "retornando á vida". Na época porém, desconhecidos da doença, Seu Juquinha virou lenda, e foi dito que era imortal, enviado dos Deuses e até mesmo um E.T.

Ninguém sabe exatamente quando Seu Juquinha morreu de verdade, uns dizem que foi três dias depois do acontecido, outros, dizem que foram 30 dias. A idade certa nenhum parente sabe. De certo mesmo, é que morreu de novo, e a segunda vez foi de verdade.

Morreu em 1983, e em 1987 os prefeitos de Alto do Pilar e Conceição do Mato Dentro pediram á artista plástica Virgina Ferreira, que desenvolvesse a estátua em homenagem ao bom Juquinha. A estátua foi construído em um platô localizada na parte alta da APA (área de proteção ambiental) que oferece uma vista privilegiada da Serra do Cipó, e está há 1KM da portaria da Capivara, onde é possível visitar a Cachoeira da Capivara, uma das maiores da região.