quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Cachoeira do Crioulo

Depois de uma hora e meia de caminhada, subindo e descendo aos trancos e barrancos, muito sol e reclamações infinitas da Julinha, chegamos ao nosso destino: a Cachoeira do Crioulo.
Valeu a pena todo o esforço, o lugar é único.

Com uma queda d’água de 30 metros, bom poço para banho e uma praia de areia branca inimaginável. É um dos pontos imperdíveis no Parque Estadual Rio Preto.
A origem do nome está numa lenda local. Dizem que um escravo jogou diamantes no poço e decidiu se matar após o seu ‘senhor’descobrir a traição. A trilha tem sinalização, mas é obrigatório o acompanhamento de um guarda-parque ou guia local.















Areia branquíssima...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.