segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Carnaval em Rio de Contas

A história de Rio de Contas começa no final do século 17, quando a região servia de refúgio para os escravos e fazia parte da rota dos bandeirantes, que chegavam em busca do ouro abundante por ali - a cidade fica nos arredores da Chapada Diamantina, no lado oposto à conhecida Lençóis. O chamado Ciclo do Ouro durou até o início do século 19 e deixou belas heranças: um conjunto de construções coloniais preservadas, ruas com calçamento pé de moleque e até um trecho da Estrada Real, caminho de pedras por onde o metal era escoado.

O acervo reúne cerca de 600 prédios tombados - entre eles, o da prefeitura e o Teatro São Carlos, ambos no largo do Rosário; e a Casa de Câmara e Cadeia, atual Fórum; além da matriz Santíssimo Sacramento e a igreja de Nossa Senhora de Santana, toda de pedra.































Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.